https://folhabv.com.br/noticia/POLITICA/Roraima/Plano-preve-agilidade-e-transparencias-em-recursos-do-estado/74858

Durante a visita do ministro do Tribunal de Contas, Augusto Nardes, o governador Antonio Denarium assinou nesta quinta-feira (08), o Decreto de Governança, programa que busca otimizar a sistematização entre secretarias e órgãos estaduais. 

O plano foi apresentado pelo secretário estadual de Planejamento, Emerson Baú. Segundo ele, as metas traçadas no eixo de gestão e economia são o norte para que o estado tenha governança. "A ideia é ter uma capacidade de resposta para o povo, com uma gestão integrada, eficiente e sustentável e transparente do recurso do estado", relatou.

Baú reforçou que a proposta é apresentar e promover a prestação de contas com responsabilidade e transparência. "O conselho da governança será formado pela Casa Civil, Sefaz, Seplan, Segad, Procuradoria Geral e a Controladoria Geral", ressaltou. 

Em sua apresentação, o ministro Augusto Nardes demonstrou a experiência do TCU no desenvolvimento de trabalhos coordenados por meio da Governança Pública. 

"É gratificante ver que um estado tão novo está implementando um dos mais modernos alicerces da gestão, que são as boas práticas de governança que podem ser ferramentas de enfrentamento à corrupção na administração pública. Essa iniciativa já está implementada no TCU e trouxe bons resultados. A ideia é ampliar o debate sobre uma gestão mais moderna, dentro da ótica da legalidade e dos limites de cada município e do Estado. Estamos construindo essa proposta para depois consultarmos e alinharmos com os prefeitos e Governo do Estado", declarou.

O governador Antonio Denarium reforçou a importância de construir um plano de trabalho que deixem as ações alinhadas "Quero lembrar que nesses tempos difíceis o governo sempre fez o que devia. Mantivemos nosso compromisso com investimentos em todos os setores, principalmente na saúde. Também focamos na redução do gasto público e modernizamos a gestão para o cidadão" disse. 

Fonte: FolhaBV

Foto: Diane Sampaio/FolhaBV